10 homens são presos na Baixada Fluminense em operação contra pedofilia

Dez homens foram presos nesta quinta-feira (3) em uma operação contra a pornografia infantil e abusos contra crianças. A ação buscava cumprir 29 mandatos de busca e apreensão nas cidades de Seropédica, Belford Roxo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu e São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

De acordo com o G1, a investigação usou recursos de informática para rastrear os pedófilos na internet. Alguns faziam parte de uma rede internacional de distribuição de imagens pornográficas com crianças e adolescentes.

“O perfil das vítimas geralmente é mais pra crianças e bebês. Essas pessoas que praticam esse crime são do âmbito de convivência com essas vítimas. São pessoas comuns e do dia dia. O pedófilo não tem cara. Ele pode estar mais perto do que você imagina, dentro de convívios familiares. Tem pedófilo que trabalha em supermercado, entre outros lugares do dia a dia”, disse a delegada Fernanda Fernandes.

Uma análise será feita nos dispositivos eletrônicos apreendidos e, se for constatado conteúdo de pedofilia, os donos dos aparelhos serão presos em flagrante. De acordo com a delegada, as investigações duraram cerca de cinco meses. “No curso da investigação nos deparamos com esses 29 alvos e havia alguns integrantes da rede internacional de pornografia infantil”.

A pena para quem armazena, grava ou produz vídeos com conteúdos sexuais envolvendo crianças é de seis anos de prisão e pagamento de multa.

Deixe uma resposta