Após cinco décadas no país, Sony anuncia saída do Brasil

A Sony anunciou que vai sair do Brasil e encerrará suas atividades comerciais no Brasil até março.

Produtos como TVs, câmeras e equipamentos de áudio da marca não serão mais vendidas por ela no país.

No entanto, videogames Playstation 4 e 5 ainda serão importados e os serviços audiovisuais (Filmes e Músicas) também permanecerão.

Sony sai do Brasil

De acordo com a marca, a assistência técnica e garantia dos produtos serão mantidas “pelo tempo necessário”.

Vale lembrar que a Sony já havia reduzido sua atuação no Brasil em 2019, quando deixou de vender seus celulares no país.

A decisão veio após os aparelhos da empresa sofrerem queda nas vendas de seus smartphones.

Mondial compra fábrica da Sony

Após quase 50 anos no Brasil, a fabrica da Sony na Zona Franca de Manaus foi vendida para a Mondial, que produzirá eletroportáteis e eletrônicos leves.

Três novas linhas começarão a ser produzidas pela empresa: ar-condicionado, televisão e micro-ondas.

“Já estávamos estudando a ampliação da fábrica em Manaus só com a linha atual nossa, que é a caixa de som, DVD e eletrônicos mais leves. Com a compra da fábrica da Sony, vamos dobrar a produção da linha atual”, disse Giovanni Cardoso, fundador da Mondial.