Agora no Mundo

Política, Famosos, BBB 19 ao vivo e The Voice Kids ao vivo

Após derrota na eleição, Fernando Haddad diz que voltará a dar aulas na USP

Derrotado nas urnas, Fernando Haddad (PT) disse na segunda-feira (29) que voltará a rotina de aulas como professor da Universidade de São Paulo (USP). O petista recebeu 47 milhões de votos, 10 milhões a menos que o presidente eleito Jair Bolsonaro.

Em entrevista a Globo na rua, Haddad disse que foi “pegar material” para trabalhar. “Hoje eu volto a dar aula, volto a ser professor. Foram 90 dias de licença”, disse.

No Jornal Nacional, o petista disse também que pretende falar sobre os próximos passos políticos, como a presidência do partido, somente na próxima semana.

“Um professor não foge à luta, depende do que a história me reservar, quantos brasileiros poderão dizer que tiveram 47 milhões de votos? Mais do que o número de votos, foi a qualidade da campanha, um certo despertar, desejo do que pode vir e da esperança”, afirmou.

Haddad é bacharel em direito, mestre em economia e doutor em filosofia. Atualmente é professor licenciado de ciência política da USP e dá aulas para a graduação e o doutorado do Insper, instituição privada de ensino superior especializada em Economia e Administração.

Em seu discurso após o resultado da eleição, Haddad afirmou que fará oposição e defenderá o pensamento daqueles que não votaram em Bolsonaro.

“Temos uma tarefa enorme no país que é, em nome da democracia, defender o pensamento, as liberdades desses 45 milhões de brasileiros que nos acompanharam até aqui. […] Nós que ajudamos a construir a democracia, uma das maiores do mundo, temos que ter 1 compromisso de mantê-la”.

Deixe uma resposta