Após ser condenado, Danilo Gentili é censurado pelo Facebook e pode ser excluído da rede social

O apresentador Danilo Gentili usou o Twitter para anunciar que sua conta no Facebook foi bloqueada pela própria rede social. O motivo teria sido uma publicação que ele fez em 2016, onde compartilhou uma foto segurando um ovo de páscoa ao lado da assistente de palco Juliana Oliveira, que é negra.

“De um lado esse maravilhoso chocolate de primeira mão que irei comer o dia todo durante esse domingo tão especial. Do outro lado um ovo de Páscoa escrito meu nome”, dizia a legenda.

A plataforma considerou que o conteúdo feria os “padrões da comunidade” e aplicou um bloqueio de sete dias. Com isso, Danilo não poderá publicar nada em sua página, sob o risco de ter a sua conta bloqueada por mais tempo e até mesmo excluída.

“O lixo do Facebook acaba de me banir por sete dias por um post de 2016 onde eu brincava com a Juliana- detalhe: a ideia da brincadeira foi dela. Dezenas de pessoas me imputam crime de racismo no mesmo Facebook e não são banidas. Imputar crime: OK. Piada: Não pode”, indagou.

Recentemente, Danilo foi condenado a 6 anos e 28 dias de prisão, em regime semiaberto, por ter praticado injúria contra a deputada federal Maria do Rosário Nunes (PT-RS). Ele poderá recorrer da sentença em liberdade.