Após tomar vacina, médico testa positivo para Covid

Por DA REDAÇÃO

Um médico, que não teve seu nome revelado, testou positivo para Covid-19 sete dias após ser vacinado contra a doença.

O caso aconteceu no hospital Umberto I, na cidade de Siracusa, na Itália.

Ele foi um dos primeiros a serem imunizados no país pela vacina desenvolvida pela Pfizer, em parceria com o laboratório BioNTech.

Apesar da infecção, o profissional de saúde está assintomático e uma equipe médica está acompanhando seu quadro de saúde.

Vírus poderia estar incubado

A hipótese levantada é  de que o vírus estava incubado antes da imunização e que o caso não esteja correlacionado com a eficácia da vacina.

O presidente do Conselho Superior da Itália, Franco Locatelli, explicou que a imunidade “só está completa após a administração da segunda dose da vacina anti-Covid-19”.

“Em artigos científicos é claramente relatado que mesmo em estudos clínicos as pessoas que foram infectadas após a primeira dose, precisamente porque a resposta imunológica ainda não é completamente protetora. E só se torna assim após a segunda dose. Esse é um dos motivos para não abandonarmos o comportamento responsável após a vacina”, disse.

Apesar de ter testado positivo para Covid, casos semelhantes a esse não foram registrados entre profissionais de saúde da região.