Atriz famosa da Globo está internada entre a vida e a morte; “muito grave”, dizem os médicos

Uma das maiores atrizes do país está internada há mais de um mês e passando por um momento bastante difícil na saúde. De acordo com o hospital, seu estado piorou e ela só está viva porque está ligada a aparelhos.

A atriz em questão é a Lady Francisco, de 84 anos. Ela está internada na UTI do Hospital Unimed, no Rio de Janeiro desde o dia 28 de abril após quebrar o fêmur ao se desequilibrar durante um passeio com seus cachorros.

Na última terça-feira (21) ela passou por uma traqueostomia [procedimento que consiste em realizar uma abertura na parede da traqueia a fim de facilitar a entrada de oxigênio quando o ar está obstruído] afim de melhorar a sua respiração.

Confira uma parte da nota divulgada pelo hospital, onde é possível acompanhar a situação da atriz:

“O Hospital Unimed-Rio informa que a paciente Leyde Cauquer Francisco encontra-se internada na UTI Geral em decorrência de complicações respiratórias apresentadas no período pós-operatório de correção de fratura de fêmur. Houve piora do seu quadro de saúde, atribuída à isquemia de órgãos intra-abdominais, como o fígado e os rins. Sua condição, neste momento, é considerada muito grave pelas disfunções orgânicas apresentadas. Lady Francisco segue recebendo todo o suporte necessário ao seu quadro clínico atual”, afirma o boletim.

ATUALIZAÇÃO

Infelizmente a atriz não resistiu ao momento de frangibilidade em sua saúde e o hospital anunciou através de uma nota que Lady Francisco não resistiu.

A assessoria de comunicação do Hospital Unimed-Rio também confirmou o falecimento de Lady Francisco na tarde deste sábado e divulgou a seguinte nota: “O Hospital Unimed-Rio informa, com pesar, o falecimento de Leyde Cauquer Francisco, às 13h10 deste sábado, por falência de múltiplos órgãos, decorrente de isquemia enteromesentérica (transtorno vascular agudo dos intestinos). Leyde Francisco estava internada no Hospital Unimed-Rio desde 28 de abril”, dizia o boletim médico que foi assinado por Paulo Henrique Ribeiro Bloise, diretor médico da unidade.

Comente dando a sua opinião!