Bolsonaro foi atingido no pulmão, intestino e fígado

Um dos assuntos mais comentados no cenário político dessa semana foi o atentado contra Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República pelo PSL, que foi esfaqueado enquanto cumpria sua agenda de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais. O tema ganhou destaque nos principais jornais do país e do mundo.

O candidato foi atendido e operado na Santa Casa de Juiz de Fora, transferido para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e segue sendo monitorado por uma equipe médica.

Flávio Bolsonaro, um dos filhos de Jair, chegou a publicar no Twitter: “Infelizmente foi mais grave do que esperávamos. A perfuração atingiu parte do fígado, do pulmão e da alça do intestino. Perdeu muito sangue, chegou ao hospital com pressão 10/3”.

Jair Bolsonaro aparece na primeira colocação nas pesquisas eleitorais após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitar a candidatura de Lula (PT). Bolsonaro aparece com 22% das intenções de voto.

O homem que esfaqueou Bolsonaro já foi preso e assumiu a autoria do crime.

Deixe uma resposta