Agora no Mundo

Brasil, Mundo, Eleições 2018, The Voice Brasil, BBB19 – Últimas Notícias

Bolsonaro registra sua candidatura e declara patrimônio de R$ 2,3 milhões

Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República pelo PSL, declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter um patrimônio total de R$ 2,3 milhões. A informação se tornou pública após o pedido de registro da sua candidatura na última terça (14).

No patrimônio, consta cinco casas, que somam aproximadamente R$ 1,5 milhão, três veículos, que somam R$ 280 mil, além de ações, caderneta de poupança e aplicações bancárias.

De acordo com o UOL, o valor apresentado por Bolsonaro mostra uma queda no patrimônio do político em relação aos bens declarados na eleição de 2014, ano que foi reeleito a deputado federal pelo PP. Na época, ele declarou possuir R$ 2,6 milhões (em valores corrigidos pela inflação). Com isso, o patrimônio de Bolsonaro caiu cerca de R$ 300 mil.

Apesar dos valores altos, João Amoêdo (Novo) é o candidato com maior patrimônio que disputa as Eleições 2018. Ele registrou possuir R$ 425 milhões em bens e investimentos.

Confira abaixo os patrimônios dos candidatos declarados até o momento:

  1. João Amoêdo (Novo): R$ 425 milhões
  2. Jair Bolsonaro (PSL): R$ 2,3 milhões
  3. Ciro Gomes (PDT): R$ 1,6 milhão
  4. Geraldo Alckmin (PSDB): R$ 1,3 milhão
  5. Vera Lúcia (PSTU): R$ 20 mil
  6. Guilherme Boulos (PSOL): R$ 15,4 mil
  7. Cabo Daciolo (Patriota): já apresentou o registro, mas não há relação de bens

Seis candidatos ainda não pediram o registro no TSE. Entre eles estão Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Marina Silva (Rede), Alvaro Dias (Podemos), Henrique Meirelles (MDB), João Goulart Filho (PPL) e José Maria Eymael (DC). O prazo termina nesta quarta (15).

[ATUALIZAÇÃO]

O Partido dos Trabalhadores (PT) pretende registrar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato à Presidência da República nesta quarta-feira (15). Com isso, os patrimônios do petista deverão ser declarados durante o seu registro.