Connect with us

Coronavírus faz Biscoito Globo fechar fábrica; “Não há o que fazer”

Notícias

Coronavírus faz Biscoito Globo fechar fábrica; “Não há o que fazer”

A fábrica do Biscoito Globo foi fechada, após 67 anos de sucesso do produto nas ruas e praias do Rio de Janeiro.

Com o isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus, a marca viu suas vendas caírem drasticamente, o que levou a empresa a reduzir suas produções e atender apenas demandas específicas.

“É a primeira vez que fechamos a empresa. A fábrica está fechada hoje, sem atendimento ao cliente. Quando há um pedido de algum cliente, produzimos de forma específica. Chamamos dois ou três funcionários e produzimos rapidamente. As praias estão vazias, assim como as 300 cantinas de escolas e as 200 lojas de biscoitos que vendemos. Não há o que fazer”, disse Ponce, filho do fundador Milton, em entrevista ao O Globo.

Fábrica do Biscoito Globo fecha

A produção em grande escala foi interrompida no fim de março.

Com o fechamento da fábrica, a produção diária de aproximadamente cinco mil unidades foi a quase zero.

Sem as atividades, os funcionários, alguns muitos idosos, entraram de férias coletivas.

“Estamos tentando sobreviver, renegociando com os fornecedores. Já esgotamos as nossas reservas, e agora vamos buscar manter a empresa para continuar pagando os funcionários.  Hoje, 60% das vendas são os biscoitos com embalagem de papel, vendidos nas praias pelos ambulantes, que agora estão sem emprego e em situação bem crítica”, lamentou Ponce.

Com o número de casos de coronavírus aumentando no estado do Rio de Janeiro, ele não sabe como será o futuro do biscoito de polvilho mais famoso do país.

Comentar

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Notícias

Advertisement

Facebook

As mais lidas

Advertisement
To Top