Corpo de Michael Jackson é desenterrado e família toma decisão que deixa fãs revoltados

Por DA REDAÇÃO

Michael Jackson, falecido em 2009 após uma intoxicação aguda causada pelo uso excessivo de anestésicos, ainda causa bastante polêmica e vira destaques nos principais sites de celebridades dez anos após a sua morte.

Dessa vez, de acordo com o Radar Online, a família do Rei do Pop decidiu desenterrar Michael e cremar os restos mortais em segredo afim de atrapalhar uma investigação policial sobre o cantor.

Ele está sendo acusado de abuso sexual por pelo menos onze pessoas, muitas delas eram crianças durante o suposto abuso. Uma fonte afirma que o corpo do artista ia ser desenterrado pelas autoridades para coletar amostras de DNA de Michael e, por isso, a família resolver agir.

“Há pelo menos mais 11 vítimas de Michael Jackson que esperavam que suas histórias fossem provadas ao desenterrar seu corpo e examinar seus restos mortais e tirar amostras de DNA”, disse.

“Infelizmente, eles nunca terão a chance de trazer esta prova à luz. É uma pena, pois seus acusadores agora só têm suas histórias como prova e eles sabem que muitos fãs de Jackson nunca vão acreditar neles”, completou.

Cinzas do Michael Jackson

O mais curioso dessa história foi o que a família resolveu fazer com as cinzas de Michael Jackson.

Eles resolveram colocar o material em uma espécie de pingente em formato de coração, que foi distribuído entre algumas pessoas que eram próximas do cantor.