Agora no Mundo

Últimas notícias do Brasil e do Mundo

Dony De Nuccio pede demissão da Globo após envolvimento em escândalo milionário ser descoberto

O jornalista Dony De Nuccio pediu demissão da TV Globo após infringir uma das regras do manual de conduta da emissora.

Dony apresentava o Jornal Hoje ao lado de Sandra Annenberg desde agosto de 2017.

Ele substituiu o jornalista Evaristo Costa e teve uma ascensão rápida dentro do canal.

Além de conseguir se tornar apresentador do Fantástico, em dois anos Dony também havia entrado para a lista dos seletos jornalistas que apresentam o Jornal Nacional e estava sendo cotado para substituir William Bonner em sua futura aposentadoria.

Dony De Nuccio sai da Globo após esquema milionário ser descoberto

Segundo o site Notícias da TV, o jornalista pediu demissão após ser revelado seu envolvimento em um esquema que o fez faturar cerca de 7 milhões de reais.

De acordo com a publicação, Dony havia feito ações para o banco Bradesco, atitude que é proibida para o setor de jornalismo da Globo. Ou seja, jornalistas não podem fazer publicidade.

O contrato teria sido firmado entre o banco e a Prime Talk, empresa que o jornalista abriu em 2017.

Inicialmente, Dony De Nuccio havia negado as informações mas acabou admitindo que infringiu as regras da emissora.

“Procurei vasculhar o histórico de dois anos de emails enviados por mim enquanto cumpria função na empresa. De fato, na esmagadora maioria das vezes, eu não tratava de valores com contratantes. Mas, em algumas circunstâncias pontuais, e das quais eu sinceramente não me recordava, há sim menção a cifras e projetos”, disse em e-mail a Ali Kamel, diretor-geral de Jornalismo da Globo.

No acordo firmado com o banco Bradesco, Dony receberia um total de 60 milhões de reais em 36 parcelas de R$1.678,800.

O valor seria pago pelos serviços de garoto-propaganda do banco, ainda que internamente para os funcionários. Além disso, Dony faria peças publicitárias, palestras e outros eventos para a marca.

Negócios feitos por Dony De Nuccio foram escondidos da Globo

Dentro da Globo ninguém sabia que Dony tinha uma empresa de comunicação que faturava milhões de reais.

Até poucas semanas o tema era desconhecido entre os colegas do jornalista e seus superiores.

Em duas notas, Dony destacou que não participava das negociações com clientes para não usar sua influência conquistava com o trabalho na Globo.

Segundo ele, em “todo o período em que esteve ligado à empresa jamais atuou na captação de clientes e jamais negociou valores ou discutiu pagamentos”.

Ele ainda disse que “Minhas atividades na referida empresa eram fruto do meu entendimento de que ao não me envolver em negociações comerciais nem fazer publicidade usando a minha imagem, não infringia norma.”.

O Código de Conduta do Grupo Globo é bem claro sobre a veiculação da imagem de seus contratados por outras marcas sem a devida autorização da empresa.

Apesar das declarações, o e-mail de Dony De Nuccio à diretora-executiva do Bradesco evidencia a intenção do jornalista de atuar como vendedor de sua empresa de comunicação.

“Eu e Samy ficamos super empolgados [sic] e pensando em muitas possibilidades a partir da reunião que tivemos em dezembro. Tenho certeza que podemos fazer uma baita parceria! Produtiva, desafiadora, inovadora. E com resultados incríveis”, dizia um trecho.

No anexo do e-mail estava a proposta detalhada de como a Prime Talk iria transformar a Comunicação Interna do Bradesco em três anos.

O projeto seria implementado em cinco etapas, com duração de até seis meses cada uma.

Questionada sobre o caso, o Banco Bradesco afirmou que “não comenta contratos com fornecedores”.

Globo será mais rígida após o caso

Após o caso, a Globo afirmou em nota que irá editar as suas regras para que o texto fique mais claro. A ideia é deixar a atuação de jornalistas fora da emissora mais rígida. Confira:

“A direção de Jornalismo da Globo informa que foi procurada por alguns de seus jornalistas que relataram que foram contratados por terceiros para participação em eventos institucionais gravados em vídeo, mas sempre com proibição expressa de que as imagens fossem veiculadas ao público externo ou a clientes.”

“Em alguns casos, a participação se deu com autorização da Globo por não ferir as políticas atuais da empresa. Em outros casos, a participação foi inadequada, mas sem má-fé. Todos informaram  que não possuem empresas prestadoras de serviços de marketing, assessoria de imprensa ou de projetos de comunicação empresarial.”

“A Globo, ciente agora de que persistem em algumas dúvidas sobre como agir diante de convites, informou que em breve um comunicado reiterará o que é proibido e o que não é, em detalhes, levando em conta a era digital em que vivemos.”

Jornalistas fora da Globo

Este ano a Globo está sendo marcada pela saída de diversos jornalistas, que pediram demissão ou não aceitaram os novos acordos propostos pela emissora.

Nomes como Sérgio Aguiar, Márcio Canuto e Cris Dias não aceitaram as novas imposições feitas pela emissora, que está trocando os contratos de Pessoa Jurídica para a Consolidação das Leis do Trabalho.

Com a mudança, o salário dos jornalistas chega a ter um corte de 40%, além dos descontos como INSS e IRPF, por exemplo.

William Bonner, um dos principais jornalistas do canal, também foi convocado para uma reunião onde também seria apresentada a mudança em seu contrato.

Dony De Nuccio pode ir para a CNN Brasil

Com a saída da Globo, diversos canais começaram a procurar o jornalista Dony De Nuccio para oferecer uma proposta de contrato.

O jornalista já estaria em negociação com grandes canais após a confirmação de seu pedido de demissão da Globo.

Entre os canais estão a Record, SBT e a CNN Brasil.

Vale lembrar que a CNN Brasil já firmou contratos com Mari Palma, Phelipe Siani, Evaristo Costa e William Waack.

Deixe uma resposta