Agora no Mundo

Últimas notícias do Brasil e do Mundo

Eloá Cristina reaparece em carta psicografada afirmando que foi morta pela polícia

A jovem Eloá Cristina Pimentel entrou para a história do país após ser brutalmente morta por seu ex-namorado, Lindemberg Fernandes Alves.

O crime rompeu as fronteiras do Brasil e ganhou destaque nos principais jornais do mundo.

A operação policial foi considerada um fracasso por muitas pessoas, que acompanhavam tudo pela cobertura jornalística da TV.

Agora, anos após sua morte, a jovem Eloá reapareceu em uma carta psicografada onde revela detalhes assustadores sobre a sua morte.

Assim como Isabella Nardoni que também enviou uma carta psicografada, Eloá resolveu se comunicar com os vivos.

Carta psicografada de Eloá Cristina Pimentel

As primeiras palavras da carta chocam os leitores. Eloá afirma que não foi o ex-namorado quem a matou, mas sim os policiais.

“‘Vim aqui por causa do Liso. Para dizer que não foi ele que atirou em mim. Foi quando a polícia entrou que uma bala me atingiu. A Nayara sabe disso, mas a polícia não deixa que ela fale a verdade”, diz um trecho da carta.

Nayara era a amiga de Eloá que também foi feita refém. Ela foi a única sobrevivente daquele crime.

Eloá também tranquilizou a família ao afirmar que estava em um bom local e estava sendo cuidada por algumas pessoas de branco.

“Há pessoas que cuidam de mim, todas vestidas de branco. Estou bem. Mas sinto saudades dos meus pagodes e do açaí do Mr. Bean. Elooh”, finaliza Eloá.

Deixe uma resposta