Agora no Mundo

As últimas notícias do Brasil e do Mundo ao seu alcance!

Fátima Bernardes pode ser condenada a três anos de prisão por apologia à maconha

A apresentadora Fátima Bernardes pode responder na Justiça por apologia à maconha.

O deputado federal Otoni de Paula (PSC/RJ) foi o responsável por protocolar uma notícia-crime na Polícia Federal contra a apresentadora.

Segundo ele, Fátima Bernardes fez apologia ao uso de maconha em seu programa, no dia 23 de dezembro.

Na ocasião, o programa “Encontro” recebeu a funkeira Ludmilla, que cantou o seu novo sucesso “Verdinha”.

Fátima Bernardes é acusada de apologia às drogas

Na carta, o deputado afirma que a música “faz explícita referência ao plantio, uso e comercialização de maconha”.

Ainda de acordo com o deputado, que também é pastor, é lamentável que “dentre os telespectadores estejam considerável número de menores”.

Mesmo não nomeando a maconha na música, o funk está revoltando os mais conservadores.

Na letra da música de Ludmilla, é cantado: “Eu fiz um pé lá no meu quintal, tô vendendo a grama da verdinha a um real”.

De acordo com o artigo 33, § 2º, da Lei nº 11.343/2006 (Lei de Drogas), “induzir, instigar ou auxiliar alguém ao uso indevido de drogas” pode acarretar a pena de três anos de detenção.

Além disso, o texto penaliza com multa de cem a trezentos dias e pessoa que se enquadra no crime.

O que você achou disso?

Deixa sua curtida nessa matéria!

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar.

4 thoughts on “Fátima Bernardes pode ser condenada a três anos de prisão por apologia à maconha

  1. Nao entendo porque a Fatima seria presa se quem fez a música. Quem cantou foi a Ludmila.

  2. benito annunciato disse:

    Não deve ser presa !!! Devem acabar com essa “coisa”, que ela chama de “Encontro com Fátima Bernardes !!!!

  3. Jair Eustaquio da Silvs disse:

    Não só á Fatima como a criatura da Globo lixo deveriam estar com a prisão preventiva decretada.

  4. Bom: Na verdade o canal globo de televisão apoia tudo o que há de ruim e errado,agora,em relação a esse episódio da Fátima Bernades não tem argumento para mover processo contra ela,por que a música não é dela e nem foi ela que cantou,agora se querer processar alguém “que esse alguém seja o cantor ou o compositor,muita gente tenta fazer com que o Brasil melhorem em várias situações,mas já começa rmerrado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.