Agora no Mundo

Assistir BBB 19 ao vivo e The Voice Kids ao vivo

Fernando Haddad, do PT, é denunciado por corrupção, quadrilha e lavagem de dinheiro

O candidato à Presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Fernando Haddad, foi acusado pelo Ministério Público de São Paulo de ter cometido crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. A denúncia aponta que Haddad teria recebido, de maneira ilícita, R$2,6 milhões da UTC Engenharia.

De acordo com o UOL, a denúncia foi apresentada pelo promotor Marcelo Batlouni Mendroni, do Grupo de Atuação Especial de Repressão à Formação de Cartel e à Lavagem de Dinheiro e de Recuperação de Ativos.

A assessoria do candidato afirmou, em nota, que a denúncia não têm provas suficientes. No entanto, as denúncias da Promotoria têm como base a delação do presidente da UTC Engenharia, Ricardo Ribeiro Pessoa.

Segundo a acusação apresentada no mês passado, entre abril e maio de 2013, o presidente da engenharia recebeu um pedido de R$ 3 milhões do tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, que seria utilizada para pagar uma dívida de campanha de Haddad para prefeito de São Paulo. Os valores, de acordo com a publicação, teriam sido pagos meses depois.

“A captação e distribuição de recursos ilícitos se desenvolveram através de um esquema montado pela própria UTC, primeiramente por contratos de prestação de serviços fictícios e/ou superfaturados, de forma que os valores ou a diferença retornassem à UTC, mas para “uma conta de Caixa 2” que detinham com [o doleiro] Alberto Youssef. Depois, Youssef entregaria parte do valor em dinheiro espécie”, relata a denúncia.

Deixe uma resposta