Flordelis aparece usando joia do marido morto, após afirmar que o objeto havia sumido

A cantora e deputada federal Flordelis foi vista no último domingo usando uma pulseira de ouro que pertencia ao seu marido, o pastor Anderson de Souza do Carmo, assassinado no dia 16 de junho.

Flordelis estava em um dos cultos realizados na igreja sede do ministério que leva seu nome.

O curioso é que nove dias após o assassinato do marido, Flordelis havia afirmado que a pulseira tinha sumido e alguém dentro da casa poderia ter roubado o objeto.

Um anel e alguns relógios de Anderson do Carmo também teria sumido após seu assassinato.

Assessoria tentou explicar a situação

Procurada, a assessoria da deputada afirmou que foi feita uma “rearrumação interna da casa, depois da enorme desordem em que ela ficou”.

Com isso, a pulseira de ouro do pastor teria sido encontrada. Apesar disso, os outros objetos, como o celular do pastor, continuam desaparecidos.

A assessoria também afirmou que, desde que foi encontrada a pulseira, Flordelis não tirou o objeto do braço.

Sendo assim, além da pulseira, a deputada federal também usa a aliança que foi do marido, como uma forma de homenageá-lo.