Flordelis matou pastor Anderson do Carmo e manipulou filhos, revela testemunha

A deputada e cantora evangélica Flordelis matou o marido e pastor Anderson do Carmo, revela uma das testemunhas.

O depoimento de Wagner Andrade Pimenta, conhecido como Misal, um dos filhos adotivos do casal revelou que Flordelis foi a “mentora intelectual” da morte de Anderson do Carmo.

A declaração foi dada em depoimento à polícia no dia 18 de julho, dias após o crime.

Flordelis matou marido e manipulou os filhos

Misal afirmou no depoimento que a mãe teria manipulado os filhos para participarem do crime.

Ele disse ainda que o pai ficou 5 dias internados em outubro de 2018 e perdeu cerca de 20kg.

Na época, ninguém sabia o motivo, mas hoje é de conhecimento público que Anderson do Carmo estava sendo dopado por Flordelis.

Deputada teria usado filhos no crime

No dia 24 de junho, em um novo depoimento à polícia, Misael afirmou que Flordelis usou o celular da irmã, Marzy Teixeira, para enviar uma mensagem para Lucas.

Na mensagem, havia o pedido para que Anderson fosse morto.

Questionada por sua esposa, Luana, Marzy teria confirmado que o texto teria sido escrito pela pastora Flordelis.

Até agora, Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico de Flordelis, e Lucas Cézar dos Santos, filho adotivo do casal, estão presos por envolvimento no crime.

As investigações apontaram que o primeiro atirou em Anderson do Carmo enquanto o segundo comprou a arma usada no crime.

Deixe uma resposta