Globo marca reunião com William Bonner para redução de salário e pode ser demitido se não aceitar

A TV Globo está cortando os gastos de sua folha de pagamento. As economias do canal também atingiram as novelas e agora está prestes a fazer com que William Bonner saia da Globo.

O jornalista, que está há 33 anos na emissora, possui um dos maiores salários entre os seus colegas. De acordo com o site Na Telina, Bonner recebe em torno de R$650 mil.

Em breve, o canal carioca irá marcar algumas reuniões com William Bonner a fim de definir como ficará a sua situação na emissora.

A Globo quer fazer com que o jornalista deixe de ser um funcionário PJ (Pessoa Jurídica) e aceite a transição para a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), passando a trabalhar com carteira assinada ao invés de contrato.

Outros profissionais também receberam a imposição da Globo, mas nem todos concordaram e deixaram o canal, como foi o caso dos jornalistas Sérgio Aguiar, Márcio Canuto e Cris Dias.

Por outro lado, nomes como Marcos Uchôa e Tino Marcos aceitaram ter seus contratos PJ substituídos pela carteira assinada.

O que muda na transição de PJ para CLT?

Com a mudança de PJ para CLT, o corte no salário pode chegar a 40%. Além disso, os profissionais sofreriam descontos nos pagamentos com alguns impostos que não tinham como pessoa jurídica, como INSS e IRPF, por exemplo.

No caso de William Bonner, no entanto, algumas diferenças o beneficiariam, já que o âncora do Jornal Nacional não teria nenhuma redução salarial. O caso é visto como “um caso pontual” dentro do canal.