‘Governador nenhum vai suspender meus cultos’, diz pastor Silas Malafaia

Por Ariel França

Diversos países, incluindo o Brasil, estão tomando medidas extremas para diminuir ao máximo a propagação do novo coronavírus.

Repartições públicas foram fechadas e diversos eventos foram cancelados ou adiados com a finalidade de evitar a aglomeração de pessoas.

Algumas igrejas também já entraram na luta contra a doença e cancelaram suas programações.

Apesar disso, o pastor Silas Malafaia, fundador da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, afirmou que não pretende fechar as suas igrejas durante a epidemia do coronavírus.

“Governador nenhum vai suspender meus cultos. Eles não são nem doidos. Não têm poder para isso, só com determinação Judicial”, afirmou o líder religioso, de acordo com a coluna do jornalista Lauro Jardim.

Silas Malafaia não vai fechar igreja

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, disse que o estado está em estado de emergência.

Mesmo com a decisão, Malafaia afirmou não ver sentido em suspender os cultos.

“Ele só enxerga a possibilidade de dar uma pausa nas cerimônias religiosas caso a situação se agrave ainda mais e o país praticamente pare”, destaca o colunista.