Agora no Mundo

Assistir BBB 19 ao vivo 24 horas

Henrique Meirelles contratou envio de mensagens no WhatsApp a beneficiários do Bolsa Família

A campanha do ex-candidato a Presidência da República pelo MDB, Henrique Meirelles, fez disparos de mensagens em massa pelo WhatsApp para números de telefone de beneficiários do Bolsa Família. Os números do programa social são sigilosos e seu uso, divulgação ou cessão para outros fins são considerados ilegais.

De acordo com o UOL, Meirelles investiu R$ 2 milhões na contratação com a empresa Deep Marketing, que ficou responsável pela sua campanha na internet incluindo a construção de um site, gestão das redes sociais e envio de mensagens por WhatsApp do então candidato.

Um dos sócios da empresa contratada também é dono da empresa Yacows, que está sendo investigada pela Polícia Federal por participação em um esquema de envios de mensagens ‘anti-PT’ supostamente financiada por empresários, como denunciou a Folha de São Paulo.

Henrique Meirelles teve uma das campanhas mais caras entre os candidatos: cerca de R$ 45 milhões do próprio bolso, que foram declarados à Justiça Eleitoral.

O Ministério do Desenvolvimento Social informou que não forneceu nenhum dado dos beneficiários ao ex-candidato, que afirmou não ter ordenado o disparo das mensagens.

Comente dando a sua opinião!