Incêndio destrói Museu Nacional, no Rio de Janeiro

O Museu Nacional, da Quinta da Boa Vista, foi atingido por um incêndio de grandes proporções. De acordo com as informações iniciais, o fogo começou por volta das 19h30 deste domingo (2). O prédio, localizado em São Cristóvão, Zona Norte do Rio, já foi residência de um rei e dois imperadores, completou 200 anos em 2018 e possuía mais de 20 milhões de itens em seu acervo.

A assessoria de imprensa do museu afirmou que não há feridos. Quatro vigilantes estavam no local mas conseguiram sair a tempo. O incêndio aconteceu logo após o fechamento do prédio para visitações.

O inquérito aberto pela Polícia Civil será repassado para a Delegacia de Repressão à Crimes de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico, da Polícia Federal, para apurar se houve alguma ação criminosa que provocou o fogo no local.

“Nunca conseguimos nada do governo federal. Recentemente estávamos finalizando um acordo com o BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social] para um aporte de recursos volumoso, onde iríamos fazer finalmente a restauração do palácio e, ironicamente, planejávamos um novo sistema de prevenção de incêndios”, disse o vice-diretor do Museu Nacional, Luiz Fernando Dias Duarte, em entrevista ao GloboNews.

Deixe uma resposta