Jair Bolsonaro perde briga, decide fazer as pazes e se reune com alta cúpula do Grupo Globo

A briga entre o presidente Jair Bolsonaro e o Grupo Globo parece que está próxima de chegar ao fim. Após muitas trocas de farpas e críticas à emissora, Bolsonaro se rendeu ao canal carioca e concordou em conversar com a cúpula da emissora.

Não é difícil ver o quão insatisfeita a Globo está com o atual Governo. No “Fantástico“, por exemplo, foi criado um quadro chamado ‘Isso a Globo Não Mostra‘, onde é exposto de maneira bem humorada as contradições do Governo Bolsonaro e as alfinetadas da emissora a atual gestão.

Durante a última terça-feira (21), aconteceu uma reunião entre Bolsonaro e Paulo Tonet Camargo, que é vice-presidente de Relações Institucionais da Globo. Informações apontam que o ministro-chefe da Casa Civil, Onix Lorenzoni, e o empresário Jorge Rodrigues estavam na reunião, que começou às 16h10.

“Onyx Lorenzoni, Ministro-Chefe da Casa Civil da Presidência da República; Vicente Jorge Rodrigues, Empresário; e Paulo Tonet, Vice-Presidente Institucional do Grupo Globo”, informa agenda de Bolsonaro.

Ao que tudo indica o encontro serviu para que uma bandeira branca fosse levantada entre o Governo e o grupo de comunicação da família Marinho. Muitos consideraram a reunião como algo necessário, ainda mais depois dos vazamentos de áudios onde Bolsonaro discutia com Gustavo Bebiano e citou a emissora como sendo sua inimiga. “Como você coloca nossos inimigos dentro de casa?”, disse Bolsonaro no áudio, demitindo o então ministro em seguida.

Mesmo com o encontro, ainda não há informações concretas sobre o que foi conversado e decidido entre o Governo e a Globo. A agenda oficial de Bolsonaro previa 30 minutos de reunião com o representante da emissora. Muitos telespectadores estão esperando pelo próximo domingo para ver se o canal vai diminuir as criticas ao Governo durante o “Fantástico”.

Comente dando a sua opinião!