Lula sai da carceragem para acompanhar velório do neto em São Paulo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu da carceragem da Polícia Civil, em Curitiba, com a autorização da Justiça, para acompanhar o velório do seu neto Arthur Lula da Silva, de 7 anos, que morreu em função de uma meningite meningocócica.

Um helicóptero da Polícia Civil levou lula até o Aeroporto de Bacacheri, de onde partiu para São Bernardo do Campo, São Paulo, em um avião do governo do Paraná.

A saída temporária de Lula foi concedida pela juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, com base no artigo 120 da Lei de Execução Penal, que diz que “os condenados que cumprem pena em regime fechado ou semiaberto e os presos provisórios poderão obter permissão para sair do estabelecimento, mediante escolta, quando ocorrer falecimento ou doença grave do cônjuge, companheira, ascendente, descendente ou irmão”.

De acordo com o Jornal Extra, “Arthur era o quinto dos seis netos do ex-presidente. Filho de Marlene Araujo Lula da Silva e Sandro Luis Lula da Silva, filho do meio de Lula, o garoto nasceu em 2012, em São Paulo, quando o ex-presidente fazia um tratamento contra o câncer na laringe, um ano depois de deixar a Presidência da República.”