Mais 4 pessoas podem ter morrido de coronavírus em São Paulo

Quatro óbitos estão sendo investigados em São Paulo por suspeita de infecção pelo novo coronavírus, Covid-19.

A informação é do secretário de Saúde estadual de São Paulo, José Henrique Germann, e do infectologista David Uip, coordenador do Comitê de Contigência do Coronavírus em São Paulo.

Segundo o infectologista, os quatro óbitos foram registrados na mesma rede do Hospital Sancta Maggiori, que tem várias unidades.

O primeiro óbito por Covid-19 no país ocorreu na unidade Paraíso, desta mesma rede. Trata-se de um homem de 62 anos, morador de São Paulo, que tinha diabetes e hipertensão e sem histórico de viagem.

Esse paciente começou a sentir sintomas no dia 10 de março, foi internado no dia 14 e faleceu ontem (16). “Foi uma evolução rápida, da internação ao óbito”, falou Uip.

Casos no Brasil

De acordo com Paulo Menezes, coordenador do Comitê de Operações de Emergências de São Paulo, até este momento foram confirmados 162 casos de coronavírus em todo o estado paulista, sendo 154 deles na capital e o restante em oito municípios da Grande São Paulo.

Pelas redes sociais, o governador de São Paulo, João Doria, lamentou a morte do paciente por coronavírus.

“Minha solidariedade aos seus familiares e amigos. Reforço que não há razão para pânico, mas é fundamental que todos entendam a complexidade da pandemia. Precisamos sim de medidas restritivas, ações responsáveis e coerentes”, disse ele.