Morre cachorro que estava com coronavírus na China

Por Ariel França

O cachorro da raça lulu da pomerânia que testou positivo para o novo coronavírus morreu em Hong Kong, na China.

Ele tinha 17 anos e chegou a ficar em quarentena por 14 dias.

Não é possível saber a causa da morte do animal, pois a dona preferiu não realizar uma autópsia.

Apesar disso, médicos afirmaram que é improvável que a morte tenha sido causada pelo Covid-19, pois, após a quarentena, o animal testou negativo para o vírus.

Estudiosos estão apostando que a idade avançada do cachorro e a ansiedade causada pelo isolamento tenha influenciado na morte.

“Embora tenha havido um caso de um cachorro infectado em Hong Kong, até o momento, não há evidências de que um cachorro, gato ou qualquer animal de estimação possa transmitir o COVID-19”, afirmou a Organização Mundial da Saúde.