Agora no Mundo

Últimas notícias do Brasil e do Mundo

‘Olá, tudo bem?’, veja como surgiu o famoso bordão usado por Paulo Henrique Amorim

O jornalista Paulo Henrique Amorim faleceu na manhã desta quarta-feira (10) após sofrer um infarto fulminante.

Horas antes, o jornalista estava jantando com a esposa e alguns amigos. Ao voltar para casa, teve um mal súbito e foi levado ao hospital, mas não resistiu.

Paulo Henrique Amorim ficou marcado com o bordão “Olá, tudo bem?”, que sempre dizia ao cumprimentar o público de casa.

Mas você sabe como surgiu esse bordão? É certo afirmar que sempre que ouvimos logo lembramos do jornalista.

Como surgiu o bordão “Olá, tudo bem?”

Tudo começou quando Paulo Henrique Amorim era correspondente da TV Globo em Nova York. 

Na época, ele foi convidado pela CNN para fazer algumas reportagens. A editora deu a ideia do jornalista saudar o público com uma expressão em seu idioma.

Foi então que Paulo Henrique Amorim resolveu dizer a frase “Olá, tudo bem?” antes das reportagens.

A frase é comum no Brasil e usada várias vezes para cumprimentar alguém conhecido. Dessa forma, o jornalista conseguia se tornar próximo de quem o ouvia e ganhar sua atenção.

O bordão que ganhou o mundo

Certo dia, quando estava em Los Angeles cobrindo um terremoto, Paulo Henrique Amorim foi reconhecido por um norte-americano que havia se lembrado da frase dita pelo jornalista.

Foi então que ele começou a adotar a frase como seu bordão oficial e sempre que aparecia na TV ele fazia questão de usar a expressão.

Em pouco tempo ficou difícil não assimilar a frase ao jornalista. Quando foi trabalhar na Record ele já era conhecido pelo bordão e fez questão de continuar usando para que o público não esquecesse que aquele era o mesmo jornalista de antes.

Comente dando a sua opinião!