Padres, pastores e entidades do candomblé estarão juntos no desfile da Grande Rio

Por Ariel França

A Acadêmicos da Grande Rio, escola de Duque de Caxias, levará para a Sapucaí uma mensagem contra a intolerância.

Com o enredo “Tata Londirá: o Canto do Caboclo de Caxias”, a escola promete passar uma mensagem clara aos foliões.

“Vamos levar dois padres, dois pastores, além de entidades do candomblé da Angola para a Avenida. Teremos uma ala toda de branco com ramos de folhas nas mãos, simbolizando a intolerância religiosa”, revelou o carnavalesco Gabriel Haddad, em entrevista à coluna Leo Dias.

O presidente da Grande Rio, Jayder Soares, afirmou que a escola combate qualquer tipo de preconceito há anos.

“Fomos a primeira quadra a ter um banheiro destinado ao público LGBT. Temos o masculino, o feminino e um escrito ‘outros’. Além disso, há quatro anos nós temos uma ala LGBT chamada ‘gaiola das loucas’ e este anos eles vêm vestidos de vedetes”, disse.