Agora no Mundo

Últimas notícias do Brasil e do Mundo

Paulo Guedes ameaça deixar Governo Bolsonaro em breve

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira (27) que pode deixar o cargo em breve. A declaração do economista pegou muita gente de surpresa, já que ele esteve ao lado de Bolsonaro durante todo o período de campanha presidencial. 

“Se o presidente apoiar as coisas que eu acho que podem resolver o Brasil, eu estarei aqui. Agora, se ou o presidente ou a Câmara ou ninguém quer aquilo, eu vou me sacrificar ao trabalho dos senhores? De forma alguma, eu voltarei para onde sempre estive”, afirmou na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado.

“Vocês acham que eu vou brigar para ficar aqui? Se ninguém quiser o serviço, vai ser um prazer ter tentado. Agora, não tenho a inconsequência e a irresponsabilidade de sair na primeira derrota”, disse.

Paulo Guedes defendeu novamente a reforma da Previdência que, segundo ele, economizará cerca de um trilhão de reais do erário. Além disso, Guedes afirmou que “a bola está com o Congresso” sobre a aprovação ou não do projeto.

“O Congresso é que decide. Nós fizemos uma proposta que é trabalhada em toda as dimensões”, afirmou.

Ele disse ainda que, caso não aprovem a reforma da Previdência, o país “vai explodir muito rapidamente do ponto de vista fiscal”.

“Não é uma explosão financeira. Você não vai poder pagar o salário do funcionalismo público. Eu não tô fazendo uma ameaça, eu tô fazendo uma projeção de coisas que já estão acontecendo. A máquina pública brasileira vai implodir”, disse.

Comente dando a sua opinião!