Agora no Mundo

Assistir BBB 19 ao vivo e The Voice Kids ao vivo

Perícia diz que jovem marcada com suástica se automutilou para criar fake news

O Instituto Geral de Perícias (IGP) do Rio Grande do Sul divulgou o laudo da jovem de 19 anos que afirmou ter sido agredida por seguidores de Bolsonaro que, segundo a vítima, marcaram seu corpo com uma suástica. De acordo com a GaúchaZH, o laudo sugere que a jovem pode ter provocado os cortes para criar uma notícia falsa.

A conclusão diz que houve lesões superficiais, contínuas, uniformes e sem profundidade em região facilmente acessível pela periciada, sem esboço de reação.

“Conclui-se que a figura produzida poderia ser mais facilmente produzida com o consentimento ou com a colaboração da própria periciada, ou, alternativamente, ao menos, com marcada incapacidade dela em reagir, ainda que involuntariamente, aos estímulos que seriam esperados diante de uma agressão”, aponta o laudo pericial.

A jovem que mantém o nome em sigilo pelas autoridades até a conclusão do caso afirmou que desceu do ônibus e foi ofendida por três homens que demonstravam sua preferência pelo candidato do PSL. A história contada diz também que ela foi segurada por dois dos homens enquanto o terceiro fez a marca em seu corpo.

O jornal Folha de São Paulo tratou o caso como agressão e a história foi explorada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) para acusar os seguidores de Bolsonaro de serem agressivos.

Deixe uma resposta