Agora no Mundo

Assistir BBB 19 ao vivo e The Voice Kids ao vivo

Preso em clínica, Maguila grava vídeo e implora ajuda para sair: “Quero ir e não deixam”

O ex-boxeador José Adilson Rodrigues dos Santos, mais conhecido como Maguila, gravou um vídeo polêmico onde aparece pedindo ajuda. Ele está internado em uma clínica terapêutica para tratar de uma demência pugilística conhecida como encefalopatia traumática crônica (ETC). A  doença neurodegenerativa progressiva teria sido causada pelos repetidos golpes que o lutador sofreu na cabeça.No vídeo, Maguila pede ajuda afirmando que sua esposa, Irani Pinheiro, não quer deixar ele sair da clínica, onde está há um ano e meio.
 
“Tô aqui nessa clínica internado, que a minha mulher me colocou aqui. Eu quero ir embora, mas a clínica não deixa. Estou há um ano e meio aqui. A clínica não quer deixar eu ir embora porque é propaganda para a clínica. Ela não quer deixar eu ir embora. Eu quero uma força de vocês aí, meu povo, para eu ir embora daqui”, pede o lutador no vídeo.
 
Ao G1, a esposa de Maguila, que é advogada, afirmou que ele não se lembra de ter gravado o vídeo pedindo ajuda e que na verdade ele está internado há oito meses, e não um ano e meio.
 
“Posso dizer que ele está ótimo. Relativamente, uma vez que sofre de transtorno degenerativo. Falei com ele hoje e ele não se lembra de ter gravado o vídeo. Conheci toda a equipe que cuida dele e posso dizer que ele é tratado com toda a dignidade de um campeão”, explicou.
 
A esposa de Maguila disse que o ex-pugilista, de 60 anos, foi incentivado por um ex-paciente a gravar o vídeo há cerca de 15 dias. O terapeuta Pales Campos, responsável pelo tratamento de Maguila, afirmou que o ex-paciente disse as palavras para o ex-boxeador repeti-las.”
 
Às vezes ele está bem e às vezes não está. Neste dia, ele não quis tomar uma medicação e ficou alterado. Foi uma grande maldade divulgar esta fake news”, lamenta a esposa.
 
O responsável pelo vídeo já foi identificado e Irani entrou com medidas judiciais contra ele e sua família. A clínica também está tomando providências para penalizar o ex-paciente.
 
“O cara que fez esse vídeo é um ex-interno da clínica por dependência química. Ele gravou o vídeo antes de receber alta, foi identificado e tentou extorquir o dono da clínica para que o vídeo não fosse postado”, conclui Irani.
Comente dando a sua opinião!