Connect with us

Saiba o motivo que levou pastora da Assembleia de Deus a matar se jogando de viaduto

Notícias

Saiba o motivo que levou pastora da Assembleia de Deus a matar se jogando de viaduto

Uma pastora da Assembleia de Deus se matou ao se jogar de um viaduto que fica próximo a Rodoviária Novo Rio, no Rio de Janeiro. Ela foi identificada como Maria Helena.

Rapidamente vídeos do suicídio da missionária começaram a viralizar nas redes sociais e muitas pessoas discutiram o que teria a motivado a chegar nessa decisão tão arrasadora.

De acordo com o Agora no Rio, algumas pessoas que estavam no local tentaram convencer a missionária a não pular do viaduto e socorristas foram acionados para reverter a situação, no entanto, Maria Helena decidiu pular. 

Nos últimos anos, diversos casos de suicídios cometidos por líderes religiosos estão tomando o noticiário. Pastores, pregadores e pessoas de grande responsabilidade no meio evangélico estão desistindo de lutar pelas próprias vidas.

No caso da missionária Maria Helena, a depressão teria feito com que ela tomasse tal atitude.

A psicanalista Priscilla Ribeiro afirma que “No caso de pastores e pessoas religiosas, muitas vezes não são notados sintomas da doença, porque as próprias lideranças querem sempre mostrar um perfil de sucesso e bem estar. Até para que sejam credibilizados pelos seus seguidores”.

“A depressão é considerada por muitas pessoas como frescura. Por ter esse estigma, muitas pessoas tem dificuldades de iniciar um tratamento para a doença. Com a progressão da depressão, o sentimento que passa a surgir na mente do deprimido é acabar com esse sofrimento”, disse.

“A neuroquímica do doente é afetada e a pessoa passa a não ter mais prazer algum. Fatos marcantes, e até a forma como a pessoa enxerga a vida e a si mesmo, podem dar o origem a doença silenciosa que já é considerada o mal do século”, conclui a psicanalista.

Mais em Notícias

Advertisement

Facebook

As mais lidas

Advertisement
To Top