Sistema de saúde do Rio de Janeiro vai entrar em colapso em 15 dias, diz governador

Em entrevista à CNN Brasil, o governador Wilson Witzel afirmou que o sistema de saúde do estado deverá entrar em colapso nos próximos 15 dias.

No mesmo momento, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, estavam em uma videoconferência.

Colapso na saúde

Mandetta também comentou sobre o colapso no sistema de saúde brasileiro.

“Claramente, em final de abril nosso sistema de saúde entra em colapso. Colapso é quando você tem dinheiro, mas não tem onde entrar (nos hospitais)”.

Apesar do futuro cenário, o ministro afirmou que trabalhará para evitar que isso aconteça.

“A gente está modelando para ver se trabalhamos com algumas interrupções, segurando o máximo dos idosos que são quem leva ao colapso do sistema”, afirmou.

Isolamento

Ontem (19) o Ministério divulgou novo protocolo para os postos de saúde.

Nos locais com transmissão comunitária (São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Porto Alegre, Belo Horizonte e Santa Catarina) pessoas com sintomas do novo coronavírus terão um atendimento agilizado, serão colocadas em isolamento por 14 dias assim como familiares e todos os idosos acima de 60 anos.

Nos locais sem transmissão comunitária, pessoas com sintoma de Covid-19 devem buscar os postos de saúde e ficar em isolamento, com monitoramento a cada 48 horas.

Caso mais graves serão encaminhados para atendimento hospitalar.